Sessões de Capacitação “Iniciação ao Voluntariado”


Nossa Senhora de Fátima, 20 de dezembro de 2021


A equipa Técnica do CLDS 4G Aveiro, no âmbito da Atividade 7 “Aveiro Voluntária 4G”, esteve no Auditório da Junta de Freguesia de Oliveirinha a dinamizar Sessões de Capacitação para futuros voluntários, contando com a colaboração da Pista Mágica (entidade habilitada para o efeito). As sessões decorreram nos dias 10 e 17 de dezembro, com dois grupos que realizaram 6 horas de capacitação.
O objetivo desta atividade passa por capacitar futuros voluntários/as em áreas específicas de apoio, assim como fomentar práticas de partilha de experiências/saberes.   
Nas sessões de capacitação foram abordadas várias temáticas relacionadas com o voluntariado: como o que é o voluntariado, os direitos e deveres dos voluntários, os tipos de voluntariado que existem, bem como, as áreas de atuação onde é possível fazer voluntariado. Foram também abordados os aspetos/características que um voluntário deve ter para desempenhar as suas funções. As motivações competências no voluntariado, a importância da comunicação eficazgestão emocionalgestão de conflitos trabalho em equipa no voluntariado, e alguns dos benefícios do voluntariado.  
Na última sessão de capacitação, foi apresentado aos dois grupos de participantes, um conjunto de oportunidades de voluntariado, assim como a indicação de vários sites onde é possível consultar oportunidades de voluntariado. 
Durante as sessões foram realizadas várias dinâmicas e reflexões sobre as temáticas abordadas, havendo uma participação ativa e muito interessada por parte dos participantes presentes.
O nosso especial agradecimento pela presença de todos/as. Congratulamos a colaboração da Pista Mágica e agradecemos toda a distinta cooperação e disponibilidade da JF de Oliveirinha, no que respeita ao espaço físico, do auditório.
A sessão cumpriu com as recomendações da Direção Geral da Saúde.
As sessões desenvolvidas enquadram-se no âmbito do Eixo 4 – “Auxílio e intervenção emergencial às populações inseridas em territórios afetados por calamidades e/ou capacitação e desenvolvimento comunitários”. Atividade 7 “Aveiro Voluntária 4G”. O Projeto CLDS 4G Aveiro é cofinanciado pelo Programa Operacional Inclusão Social e Emprego, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Social Europeu.

Sessões de informação e sensibilização

Nossa Senhora de Fátima, 17 de dezembro 2021

A equipa técnica do CLDS 4G Aveiro, no âmbito da atividade A6 “SÊ-TU”, esteve no Agrupamento de Escolas Castro Matoso em Oliveirinha a dinamizar sessões de informação e sensibilização (sessão contínua), que decorreram nos dias, 14, 16 e 17 de dezembro e a dinamização das Oficinas de Saberes e Ofícios que se realizaram no dia 13 de dezembro.

O conjunto das sessões de informação e sensibilização, totalizaram 8 horas de temáticas enriquecedoras e transversais, tais como, a programação neurolinguística, aprendemos a arte do reenquadramento positivo, como podemos comunicar de forma construtiva, valorizar, potencializar as nossas habilidades e potencialidades. A importância do “eu” como impera na igualdade de género e oportunidades, reconhecendo a igualdade de direitos e liberdades para a igualdade de oportunidades de participação e valorização. As alterações climáticas  e as migrações climáticas no planeta, como podem influenciar o nosso desenvolvimento pessoal e social e no seu desenvolvimento económico e ambiental. A sensibilização para as medidas de primeiros socorros em situação de emergência, uma vez que todos/as nós podemos a qualquer momento estar numa situação em que seja necessário prestar os primeiros socorros, é extremamente importante estarmos informados e preparados para ajudar quem mais amamos.

As Oficinas de Saberes e Ofícios, contemplaram 4 horas de Oficinas de Saberes e Ofícios, no dia 13 de dezembro, proporcionou-se visitar a “Navalria”, conhecer o único estaleiro naval em Aveiro, que desenvolve atividades de construção e reparação naval, e construção de equipamentos offshore. A Navalria conta já com 35 anos de experiência no setor naval. Seguimos com a visita de um workshop na Oficina do Doce – Ovos moles. “A história dos Ovos Moles tem origem conventual no século XVI. Terá sido no Convento de Jesus de Aveiro que este doce típico terá sido elaborado pela primeira vez. A genuinidade dos Ovos Moles de Aveiro foi reconhecida pela União Europeia que lhe atribuiu, e pela primeira vez a um produto português, a denominação de Indicação Geográfica Protegida“. Por último fomos priveligiados com um workshop orientado pelo Fernando Lima, da Félica – Olaria. Uma experiência gratificante e enriquecedora para os jovens alunos/as e que suscitou muita curiosidade por esta arte – artesanato.

4 horas em Oficinas de Saberes e Ofícios, sem dúvida com o testemunho de diferentes profissionais de costumes e tradições locais, partilha de conhecimentos, competências e na valorização de seus ofícios, saberes, e territoriais.

Perspetivámos o “Sê-TU” sempre de forma construtiva, e numa evolução positiva, estimulando no grupo, atitudes e comportamentos positivos e atitudes ambientais. A importância de partilhar conhecimentos, emoções, afetos e valorizando sempre as habilidades e potencialidades de cada um.

Agradecemos à Câmara Municipal de Aveiro, pela cedência gratuita de transporte de autocarro e pela distinta colaboração com as atividades do plano de ação do CLDS 4G Aveiro; ao Agrupamento de Escolas Castro Matoso de Oliveirinha e congratular a todos/as orador/a (s), nomeadamente ao Instituto Clínico de Aveiro; à Associação Portuguesa de Educação Ambiental; e ao distinto Tiago Andrade (Bombeiro) que se voluntariou para orientar uma sessão de primeiros socorros para este grupo de jovens alunos/as.

Felicitamos o grande profissionalismo da Navalria, Oficina do Doce, Fernando Lima (Félica) que nos receberam de forma tão acolhedora e próxima, e atentos/as aos interesses/questões do grupo.

E por fim, e com grande satisfação gratulamos e reconhecemos a presença de todos/as os participantes jovens alunos/as desta realização.

As sessões desenvolvidas enquadram-se no Eixo 4 – Auxílio e intervenção emergencial às populações inseridas em territórios afetados por calamidades e/ou desenvolvimento comunitários. Atividade 6 “SÊ-TU”- Sessões de informação e sensibilização + Oficinas de Saberes e Ofícios.

O Projeto CLDS 4G Aveiro é cofinanciado pelo Programa Operacional Inclusão Social e Emprego, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Social Europeu.

SUPORTE BÁSICO DE VIDA

15 de dezembro

NOSSA SENHORA DE FÁTIMA, 16 de dezembro de 2021

A equipa técnica do CLDS 4G Aveiro, realizou mais uma sessão de informação e de sensibilização para líderes locais – concelho de Aveiro das 18h00 às 20h00, no Auditório da Junta de Freguesia de Oliveirinha, subordinada à temática, Suporte Básico de Vida, tendo como convidados de excelência, os Bombeiros Aveiro Velhos, na qualidade de Adjunto Ricardo Guerra e o Bombeiro de Primeira Mário Prata. Sensibilizar, Alertar, Informar, Apelar e Prevenir. Como atuar em situações de emergência.

A sessão de sensibilização “Suporte Básico de Vida” constituiu-se como uma ferramenta primordial para a prestação inicial de cuidados de saúde em situação de emergência e pressupõe a demonstração de um conjunto de procedimentos e atitudes que, quando desencadeados de forma adequada e eficaz, aumentam a possibilidade da sobrevivência de vítimas de Paragem Cardiorrespiratória, de acordo com o conceito de “Cadeia de Sobrevivência”.

Através da apresentação do algoritmo de “Suporte Básico de Vida” e da demonstração prática foi possível sensibilizar os/as participantes sobre: Posição Lateral de Segurança; Compressões Torácicas e Desobstrução da Via aérea. É por isso fundamental que quem presencia este tipo de ocorrência, reconheça a gravidade da situação e saiba como atuar, ligando de imediato a linha 112 e informar o mais corretamente do local onde se encontra a/s vítima/s, e quando possível, iniciar as manobras de Suporte Básico de Vida, vulgarmente chamadas de manobras de reanimação. O conhecimento destes procedimentos pode salvar vidas e devem ser incorporados na vida de cada cidadão.

O nosso especial agradecimento pela presença de todos/as. Reconhecemos e congratulamos mais uma vez a colaboração e de grande distinção, Bombeiros Aveiro Velhos. Agradecemos toda a distinta cooperação e disponibilidade da JF de Oliveirinha, no que respeita ao espaço físico, do auditório.

A sessão cumpriu com as recomendações da Direção Geral da Saúde.

As sessões desenvolvidas enquadram-se no Eixo 4 – Auxílio e intervenção emergencial às populações inseridas em territórios afetados por calamidades e/ou desenvolvimento comunitários. Atividade 1 “CASE”- Prevenir e Atuar em Situações de Emergência e Calamidade. O Projeto CLDS 4G Aveiro é cofinanciado pelo Programa Operacional Inclusão Social e Emprego, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Social Europeu.

Mostra Associativa

Terminou no passado domingo a Mostra Associativa, realizada no Salão Paroquial de Oliveirinha.

Foram dias de muita partilha e entreajuda entre associações e artesãos.

Contámos com a participação:

– Musidec – Universidade Sénior de Cacia;

– Grupo Etnográfico e Cénico das Barrocas;

– Cristina Aparício (tripas e bolacha americana);

– Sociedade Recreativa Eixense;

– Musikarisma;

– Cantares da Ria – Grupo Cénico de Aveiro;

– Coro de Santa Joana;

– Agrupamento de Escuteiros 1334 – Oliveirinha;

– Artesãos de São Jacinto;

– Grupo Folclórico Casa do Povo de Cacia;

– Rancho Folclórico de Nossa Senhora da Nazaré;

– Grupo Cénico e Cultural Outras Eras;

– Grupo Charme – Grupo Cultural e Recreativo da Taipa

– Sandra Silva;

– Sandra Rangel;

– Teresa Páscoa;

– Maria Luísa Caldas.

A todos o nosso obrigado pela generosidade e partilha.

Deixamos ainda o nosso obrigado à Paróquia de Oliveirinha, que cedeu o espaço, à Aveiro Expo e às Juntas de Freguesia de Oliveirinha e Requeixo, Nossa Senhora de Fátima e Nariz, pelo apoio.

As sessões desenvolvidas enquadram-se no Eixo 4 – Auxílio e intervenção emergencial às populações inseridas em territórios afetados por calamidades e/ou desenvolvimento comunitários. Atividade 3.2 “Semana Associativa de Costumes e Tradições Locais”.

O Projeto CLDS 4G Aveiro é cofinanciado pelo Programa Operacional Inclusão Social e Emprego, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Social Europeu.

CASE – “Exercícios de Mass Training em Suporte Básico de Vida”

10 de dezembro de 2021, Nossa Senhora de Fátima

Na semana de 6 a 10 de dezembro o CLDS 4G Aveiro esteve no Agrupamento de Escolas José Estevão, com a colaboração distinta e exímia dos Bombeiros Aveiro Velhos, que se predisposeram na realização “Exercícios de Mass Training em Suporte Básico de Vida” no âmbito da atividade CASE – “Como Atuar em Situações de Emergência” direcionado à população residente, aos alunos que frequentam o 9ºano de escolaridade.

O objetivo desta atividade constitui em informar, visualizar e experienciar se possível as práticas utilizadas nas manobras de reanimação, mostrando aos participantes este tipo de práticas.

Sensibilizar e apresentar o algoritmo de “Suporte Básico de Vida” e da demonstração prática foi possível sensibilizar os participantes sobre as compressões torácicas, reconhecer a gravidade da situação e saber como atuar, ligar de imediato a linha 112 e informar o mais corretamente do local onde se encontra a/s vítima/s; sensibilizar para a importância de conhecer a cadeia de sobrevivência e que esta pode fazer a diferença na realidade.

Dinamizar e sensibilizar este tipo de exercícios em Suporte Básico de Vida junto da população, ganha cada vez mais notoriedade, uma vez que quanto mais cidadãos possuírem conhecimento de Suporte Básico de Vida, e estiverem preparados para intervir, maior será a taxa de sobrevivência no contexto pré-hospitalar.

Aspetos impulsionadores que se verificaram nas competências destes alunos/as:

  • Recetividade, empenho, atenção;
  • Saber fazer o V.O.S (VER/ OUVIR/ SENTIR);
  • Experienciar e praticar este exercício em suporte básico de vida.

Poder salvar a vida de alguém“, de um colega, de um amigo, de um familiar ou de um vizinho….seja quem for, a vida de alguém impera sempre nas nossas prioridades enquanto Ser Humano. Mas nunca esquecer as condições de segurança. É nosso dever cívico ajudar/socorrer alguém em situação emergente, mas desde que não comprometa a “NOSSA SEGURANÇA”.

Foram as dezenas de opiniões destes alunos/as que se fizeram evidenciar e ouvir, aquando sua participação verbal e no preenchimento do questionário de satisfação, “poder salvar a vida de alguém”!

Em nome de toda a equipa técnica, agradecemos e congratulamos com enorme entusiasmo a todos/as os/as alunos/as que frequentam o 9ºano de escolaridade, às turmas: A / B / C e D, pela assiduidade, empenho, interesse, persistência, afinco e envolvimento nesta atividade. Parafraseando as distintas palavras da senhora professora Maria Manuela Azevedo, “Ver e Ouvir com atenção para Fazer”…de facto no final, todos/as souberam fazer o exercício de mass training em SBV.

Congratulamos as entidades envolvidas para o sucesso desta realização, nomeadamente, aos Bombeiros Aveiro Velhos, Ricardo Guerra na qualidade de Adjunto; Mário Prata na qualidade de Bombeiro de Primeira; Ana Ferreira na qualidade de Bombeira de Terceira e Pedro Campos, na qualidade de Sub-Chefe.

Congratulamos a direção deste agrupamento para a recetividade de importância desta sensibilização e um especial agradecimento à distinta e respeitada Senhora Professora Carla Carvalho, que esteve connosco neste trabalho meritório conjunto. Agradecendo também a todos/as os professores/as que estiveram e se predisposeram a facultar o seu tempo letivo de aula, com este tipo de práticas e contribuindo para uma melhor cidadania ativa. E reconhecendo todo o esforço e dedicação das senhoras funcionárias operacionais do agrupamento, que estiveram sempre com o cuidado de preparação e limpeza da sala/auditório.

O nosso muito obrigada.

As sessões desenvolvidas enquadram-se no Eixo 4 – Auxílio e intervenção emergencial às populações inseridas em territórios afetados por calamidades e/ou desenvolvimento comunitários. Atividade CASE – Sessões de Informação e Sensibilização – Prevenir e Atuar em Situações de Emergência e Calamidade e Exercícios de Mass Training em Suporte Básico de Vida com práticas utilizadas nas manobras de reanimação.

O Projeto CLDS 4G Aveiro é cofinanciado pelo Programa Operacional Inclusão Social e Emprego, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Social Europeu.

I-PAIS

Que a Pandemia não seja motivo para deixar de preencher o “Manual de Instruções” de cada Pai sobre cada filh@!

Esta é a frase motriz que tem acompanhado os grupos de pais que em formato presencial ou online, se têm juntado para partilhar algumas estratégias sobre parentalidade e aprimorar outras.

Com a ADAV: sessões online realizadas entre 08 e 23 de Março em horário pós laboral, com mamãs muito comunicativas. Falámos sobre regras, consequências, gestão emocional e sobre como lidar com o choro e as cólicas dos bebés. A partilha de conhecimentos entre as mamãs foi muito interessante e útil!

São Jacinto: com sessões presenciais desde Maio, terminámos em Julho e em formato online o Espaço de Partilha “Os desafios da Parentalidade” . Ao longo das sessões refletimos sobre elogios, consequências, comportamentos de risco, ocupação de tempos livres e outros assuntos que fazem parte desta grande missão que é EDUCAR. Partilhámos estratégias, sorrisos e alguns receios por andar de ferry em dias mais agitados (bem…esta última foi só sentida pelo CLDS). Obrigada a todos pela vossa participação e entusiasmo. Obrigada ao Agrupamento de Escolas de Aveiro, ao GAS e à JF de São Jacinto pela ajuda disponibilizada.

Glória: Uma manhã para “simplesmente” brincar com os filhos? Sim, é possível! É importante e possível. E as mamãs que participaram nas atividades “Uma manhã no Parque” de Julho e Agosto são exemplo disso mesmo. Uma manhã, 1 hora, 15 minutos por semana: o que importa de verdade é que estes momentos de atenção plena e total entre pais e filhos existam para reforçar o sentimento de segurança, conforto e amor de ambas as partes.

Ainda este mês teremos novo Espaço de Partilha!

O Projeto CLDS 4G Aveiro é cofinanciado pelo Programa Operacional Inclusão Social e Emprego, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Social Europeu.

O2: Espaços de ativação comunitários

O CLDS 4G Aveiro tem estado a dinamizar espaços de ativação comunitários nas freguesias de Requeixo, Nossa Senhora de Fátima, Nariz, Eixo e Eirol. Com a colaboração das Juntas de Freguesia e de outros parceiros locais (IPSS’s, grupos de ginástica, mercearias, CTT, cafés, entre outros), o número de participantes tem aumentado verificando-se um regresso do sentido de comunidade, enfraquecido pelos confinamentos provocados pela COVID-19.

Junho e Julho foram meses em cheio para os participantes dos Espaços de Ativação Comunitários de Requeixo, Nossa Senhora de Fátima, Nariz, Eixo e Eirol. Desde música, a jogos tradicionais e pinturas, tudo foi motivo para, com as medidas de segurança definidas pela DGS, voltarmos à rua e recriarmos o conceito de comunidade. Aproveitamos para agradecer à professora Susana Ferreira bem como aos elementos presentes do Grupo Cultural São Bernardo a cantar pela disponibilidade. Agradecemos ainda ao dirigente Jorge Gancho do Grupo de Escoteiros de Eixo pelo apoio na dinamização de jogos tradicionais.

Agosto, foi mês de recordar os arraiais e trocar o sofá por um pé de dança, com o apoio da Professora Renata Silva, que nos ensinou algumas danças tradicionais do Mundo.

Em Setembro, com o apoio da CMIA, refletimos sobre a sustentabilidade ecológica (espaços de ativação comunitários de Eixo e Eirol) e debatemos, com o apoio a Aproximar, o modo como cada um pode ser um agente de mudança na sua localidade (espaços de ativação comunitários de Requeixo, Nossa Senhora de Fátima e Nariz).

Em Outubro, visitámos a Marinha da Noeirinha . E que bom foi perceber como é feita a produção do sal, quão valioso é o trabalho dos nossos Marnotos e como é importante dar continuidade às nossas Marinhas!

Novembro, foi mês de trabalhar os afetos – com a visita ao Lugar dos Afetos dos espaços de ativação comunitários de Requeixo, Nossa Senhora de Fátima, Nariz, Eixo e Eirol – e refletir, com o apoio da Aproximar, sobre como é que o acesso a recursos informáticos podem ajudar a minorar alguns problemas de isolamento sentidos pela população de Requeixo, Nossa Senhora de Fátima e Nariz.

Apesar do medo persistente relativo à possibilidade de contágio da COVID-19, os participantes têm demonstrado uma vontade muito grande em conviver e partilhar as suas experiências (essencial para a sua saúde mental!), vontade esta que é também reforçada com a consciência de que a proteção de todos passa também pelos cuidados individuais (como o uso de máscara, desinfetante e distâncias de segurança).

O Projeto CLDS 4G Aveiro é cofinanciado pelo Programa Operacional Inclusão Social e Emprego, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Social Europeu.

SÊ-TU

Sessões de informação e sensibilização + Oficinas de Saberes e Ofícios

Nossa Senhora de Fátima, 19 de novembro de 2021

A equipa técnica do CLDS 4G Aveiro, no âmbito da atividade A6 “SÊ-TU”, esteve no Agrupamento de Escolas EB 23 de Eixo, a dinamizar sessões de informação e sensibilização (sessão contínua), que decorreram nas manhãs dos dias 8, 9, 11, e a tarde do dia 19 de novembro. A dinamização das Oficinas de Saberes e Ofícios ocorreu no dia 10 de novembro. Realizamos uma carga horária reajustada de acordo com o interesse/necessidade do agrupamento, para não prejudicar a componente letiva.

O conjunto das sessões de informação e sensibilização, totalizaram 4 horas de temáticas enriquecedoras e transversais, que interligados entre si, sensibilizaram para diferentes preocupações, tais como, a programação neurolinguística, aprendemos a arte do reenquadramento positivo, como podemos comunicar de forma construtiva, e a importância da linguagem não verbal. Valorizar, potencializar as nossas habilidades e potencialidades de cada um. As alterações climáticas no planeta, como podem influenciar o nosso desenvolvimento pessoal e social e no seu desenvolvimento económico e ambiental. A importância do “eu” como impera na igualdade de género e oportunidades, reconhecendo a igualdade de direitos e liberdades para a igualdade de oportunidades de participação e valorização.

As Oficinas de Saberes e Ofícios, contemplaram 4 horas de Oficinas de Saberes e Ofícios, no dia 10 de novembro, proporcionou-se visitar a Start-Teatro, conhecer a grande mentora e professora de teatro, Cláudia Stattmiller. O objetivo da nossa visita foi conhecer um pouco a história do teatro, realizar um workshop de teatro e expressão dramática. A expressão dramática proporcionou desenvolver capacidades individuais, sociais e criativas, facilitando assim as relações entre os seus pares. Na expressão dramática, foram aproveitadas as formas de manifestação espontânea do jovem aluno/a para a construção de momentos teatrais. Aprendeu-se a comunicar por outras vias que não apenas a da linguagem, como seja o movimento, o olhar, o ritmo, a expressão não-ver. Foi sem dúvida uma grande aprendizagem. E para terminar a nossa tarde em grande, fomos experienciar um workshop de cerâmica em estado líquido, que decorreu no museu de Aveiro, em que os alunos/as aprenderam a construir/moldar peças em cerâmica. A partilha de conhecimentos, competências e valorização dos seus ofícios, saberes e territoriais foi bastante enriquecedor.

Terminamos a semana na sensibilização “medidas de primeiros socorros” em situação de emergência, uma vez que todos/as nós podemos a qualquer momento estar numa situação em que seja necessário prestar os primeiros socorros, é extremamente importante estarmos informados e preparados para ajudar quem mais amamos.

Perspetivámos o “Sê-TU” sempre de forma construtiva, e numa evolução positiva, estimulando no grupo, atitudes e comportamentos positivos e atitudes ambientais. A importância de partilhar conhecimentos, emoções, afetos e valorizando sempre as habilidades e potencialidades de cada um.

Agradecemos à Câmara Municipal de Aveiro, pela cedência gratuita de transporte de autocarro e pela distinta colaboração e cooperação com as atividades do plano de ação do CLDS 4G Aveiro, ao Museu de Aveiro; ao Agrupamento de Escolas da EB 2 3 de Eixo pelo profissionalismo e acolhimento com que nos receberam; e congratular a todos/as orador/a (s), nomeadamente à Associação Portuguesa de Educação Ambiental; à Start-Teatro; ao Instituto Clínico de Aveiro e à enfermeira Helena Vieira, pela exímia colaboração, empenho e dedicação.

E por fim, e com grande satisfação gratulamos e reconhecemos a presença de todos/as os participantes alunos/as desta realização, (em situação de insucesso escolar) que participaram de forma ativa, empenhada e com muito interesse.

Um agradecimento especial ao Agrupamento por conseguir inserir estas temáticas e oficinas na componente letiva dos alunos/as. Reconhecemos o esforço e empenho.

As sessões desenvolvidas enquadram-se no Eixo 4 – Auxílio e intervenção emergencial às populações inseridas em territórios afetados por calamidades e/ou desenvolvimento comunitários. Atividade 6 “SÊ-TU”- Sessões de informação e sensibilização + Oficinas de Saberes e Ofícios.

O Projeto CLDS 4G Aveiro é cofinanciado pelo Programa Operacional Inclusão Social e Emprego, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Social Europeu.