I-PAIS

Que a Pandemia não seja motivo para deixar de preencher o “Manual de Instruções” de cada Pai sobre cada filh@!

Esta é a frase motriz que tem acompanhado os grupos de pais que em formato presencial ou online, se têm juntado para partilhar algumas estratégias sobre parentalidade e aprimorar outras.

Com a ADAV: sessões online realizadas entre 08 e 23 de Março em horário pós laboral, com mamãs muito comunicativas. Falámos sobre regras, consequências, gestão emocional e sobre como lidar com o choro e as cólicas dos bebés. A partilha de conhecimentos entre as mamãs foi muito interessante e útil!

São Jacinto: com sessões presenciais desde Maio, terminámos em Julho e em formato online o Espaço de Partilha “Os desafios da Parentalidade” . Ao longo das sessões refletimos sobre elogios, consequências, comportamentos de risco, ocupação de tempos livres e outros assuntos que fazem parte desta grande missão que é EDUCAR. Partilhámos estratégias, sorrisos e alguns receios por andar de ferry em dias mais agitados (bem…esta última foi só sentida pelo CLDS). Obrigada a todos pela vossa participação e entusiasmo. Obrigada ao Agrupamento de Escolas de Aveiro, ao GAS e à JF de São Jacinto pela ajuda disponibilizada.

Glória: Uma manhã para “simplesmente” brincar com os filhos? Sim, é possível! É importante e possível. E as mamãs que participaram nas atividades “Uma manhã no Parque” de Julho e Agosto são exemplo disso mesmo. Uma manhã, 1 hora, 15 minutos por semana: o que importa de verdade é que estes momentos de atenção plena e total entre pais e filhos existam para reforçar o sentimento de segurança, conforto e amor de ambas as partes.

Ainda este mês teremos novo Espaço de Partilha!

O Projeto CLDS 4G Aveiro é cofinanciado pelo Programa Operacional Inclusão Social e Emprego, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Social Europeu.

O2: Espaços de ativação comunitária

O CLDS 4G Aveiro tem estado a dinamizar espaços de ativação comunitária nas freguesias de Requeixo, Nossa Senhora de Fátima, Nariz, Eixo e Eirol. Com a colaboração das Juntas de Freguesia e de outros parceiros locais (IPSS’s, grupos de ginástica, mercearias, CTT, cafés, entre outros), o número de participantes tem aumentado verificando-se um regresso do sentido de comunidade, enfraquecido pelos confinamentos provocados pela COVID-19.

Junho e Julho foram meses em cheio para os participantes dos Espaços de Ativação Comunitários de Requeixo, Nossa Senhora de Fátima, Nariz, Eixo e Eirol. Desde música, a jogos tradicionais e pinturas, tudo foi motivo para, com as medidas de segurança definidas pela DGS, voltarmos à rua e recriarmos o conceito de comunidade. Aproveitamos para agradecer à professora Susana Ferreira bem como aos elementos presentes do Grupo Cultural São Bernardo a cantar pela disponibilidade. Agradecemos ainda ao dirigente Jorge Gancho do Grupo de Escoteiros de Eixo pelo apoio na dinamização de jogos tradicionais.

Agosto, foi mês de recordar os arraiais e trocar o sofá por um pé de dança, com o apoio da Professora Renata Silva, que nos ensinou algumas danças tradicionais do Mundo.

Em Setembro, com o apoio da CMIA, refletimos sobre a sustentabilidade ecológica (espaços de ativação comunitários de Eixo e Eirol) e debatemos, com o apoio a Aproximar, o modo como cada um pode ser um agente de mudança na sua localidade (espaços de ativação comunitários de Requeixo, Nossa Senhora de Fátima e Nariz).

Em Outubro, visitámos a Marinha da Noeirinha . E que bom foi perceber como é feita a produção do sal, quão valioso é o trabalho dos nossos Marnotos e como é importante dar continuidade às nossas Marinhas!

Novembro, foi mês de trabalhar os afetos – com a visita ao Lugar dos Afetos dos espaços de ativação comunitários de Requeixo, Nossa Senhora de Fátima, Nariz, Eixo e Eirol – e refletir, com o apoio da Aproximar, sobre como é que o acesso a recursos informáticos podem ajudar a minorar alguns problemas de isolamento sentidos pela população de Requeixo, Nossa Senhora de Fátima e Nariz.

Apesar do medo persistente relativo à possibilidade de contágio da COVID-19, os participantes têm demonstrado uma vontade muito grande em conviver e partilhar as suas experiências (essencial para a sua saúde mental!), vontade esta que é também reforçada com a consciência de que a proteção de todos passa também pelos cuidados individuais (como o uso de máscara, desinfetante e distâncias de segurança).

O Projeto CLDS 4G Aveiro é cofinanciado pelo Programa Operacional Inclusão Social e Emprego, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Social Europeu.

SÊ-TU

Sessões de informação e sensibilização + Oficinas de Saberes e Ofícios

Nossa Senhora de Fátima, 19 de novembro de 2021

A equipa técnica do CLDS 4G Aveiro, no âmbito da atividade A6 “SÊ-TU”, esteve no Agrupamento de Escolas EB 23 de Eixo, a dinamizar sessões de informação e sensibilização (sessão contínua), que decorreram nas manhãs dos dias 8, 9, 11, e a tarde do dia 19 de novembro. A dinamização das Oficinas de Saberes e Ofícios ocorreu no dia 10 de novembro. Realizamos uma carga horária reajustada de acordo com o interesse/necessidade do agrupamento, para não prejudicar a componente letiva.

O conjunto das sessões de informação e sensibilização, totalizaram 4 horas de temáticas enriquecedoras e transversais, que interligados entre si, sensibilizaram para diferentes preocupações, tais como, a programação neurolinguística, aprendemos a arte do reenquadramento positivo, como podemos comunicar de forma construtiva, e a importância da linguagem não verbal. Valorizar, potencializar as nossas habilidades e potencialidades de cada um. As alterações climáticas no planeta, como podem influenciar o nosso desenvolvimento pessoal e social e no seu desenvolvimento económico e ambiental. A importância do “eu” como impera na igualdade de género e oportunidades, reconhecendo a igualdade de direitos e liberdades para a igualdade de oportunidades de participação e valorização.

As Oficinas de Saberes e Ofícios, contemplaram 4 horas de Oficinas de Saberes e Ofícios, no dia 10 de novembro, proporcionou-se visitar a Start-Teatro, conhecer a grande mentora e professora de teatro, Cláudia Stattmiller. O objetivo da nossa visita foi conhecer um pouco a história do teatro, realizar um workshop de teatro e expressão dramática. A expressão dramática proporcionou desenvolver capacidades individuais, sociais e criativas, facilitando assim as relações entre os seus pares. Na expressão dramática, foram aproveitadas as formas de manifestação espontânea do jovem aluno/a para a construção de momentos teatrais. Aprendeu-se a comunicar por outras vias que não apenas a da linguagem, como seja o movimento, o olhar, o ritmo, a expressão não-ver. Foi sem dúvida uma grande aprendizagem. E para terminar a nossa tarde em grande, fomos experienciar um workshop de cerâmica em estado líquido, que decorreu no museu de Aveiro, em que os alunos/as aprenderam a construir/moldar peças em cerâmica. A partilha de conhecimentos, competências e valorização dos seus ofícios, saberes e territoriais foi bastante enriquecedor.

Terminamos a semana na sensibilização “medidas de primeiros socorros” em situação de emergência, uma vez que todos/as nós podemos a qualquer momento estar numa situação em que seja necessário prestar os primeiros socorros, é extremamente importante estarmos informados e preparados para ajudar quem mais amamos.

Perspetivámos o “Sê-TU” sempre de forma construtiva, e numa evolução positiva, estimulando no grupo, atitudes e comportamentos positivos e atitudes ambientais. A importância de partilhar conhecimentos, emoções, afetos e valorizando sempre as habilidades e potencialidades de cada um.

Agradecemos à Câmara Municipal de Aveiro, pela cedência gratuita de transporte de autocarro e pela distinta colaboração e cooperação com as atividades do plano de ação do CLDS 4G Aveiro, ao Museu de Aveiro; ao Agrupamento de Escolas da EB 2 3 de Eixo pelo profissionalismo e acolhimento com que nos receberam; e congratular a todos/as orador/a (s), nomeadamente à Associação Portuguesa de Educação Ambiental; à Start-Teatro; ao Instituto Clínico de Aveiro e à enfermeira Helena Vieira, pela exímia colaboração, empenho e dedicação.

E por fim, e com grande satisfação gratulamos e reconhecemos a presença de todos/as os participantes alunos/as desta realização, (em situação de insucesso escolar) que participaram de forma ativa, empenhada e com muito interesse.

Um agradecimento especial ao Agrupamento por conseguir inserir estas temáticas e oficinas na componente letiva dos alunos/as. Reconhecemos o esforço e empenho.

As sessões desenvolvidas enquadram-se no Eixo 4 – Auxílio e intervenção emergencial às populações inseridas em territórios afetados por calamidades e/ou desenvolvimento comunitários. Atividade 6 “SÊ-TU”- Sessões de informação e sensibilização + Oficinas de Saberes e Ofícios.

O Projeto CLDS 4G Aveiro é cofinanciado pelo Programa Operacional Inclusão Social e Emprego, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Social Europeu.

Sessões de informação e sensibilização + Oficinas de Saberes e Ofícios

Nossa Senhora de Fátima, 30 de outubro 2021

A equipa técnica do CLDS 4G Aveiro, no âmbito da atividade A6 “SÊ-TU”, esteve na União das Freguesias de Glória e Vera Cruz (Pólo de Vera Cruz) a dinamizar sessões de informação e sensibilização (sessão contínua), que decorreram nas manhãs dos dias 25, 26, 28 de outubro e a dinamização das Oficinas de Saberes e Ofícios que se realizaram nos dias 27 e 29 de outubro.

O conjunto das sessões de informação e sensibilização, totalizaram 8 horas de temáticas enriquecedoras e transversais, que interligados entre si, sensibilizaram para diferentes preocupações, tais como, as alterações climáticas no planeta, como podem influenciar o nosso desenvolvimento pessoal e social e no seu desenvolvimento económico e ambiental. A sensibilização para as medidas de primeiros socorros em situação de emergência, uma vez que todos/as nós podemos a qualquer momento estar numa situação em que seja necessário prestar os primeiros socorros, é extremamente importante estarmos informados e preparados para ajudar quem mais amamos. A programação neurolinguística, aprendemos a arte do reenquadramento positivo, como podemos comunicar de forma construtiva, valorizar, potencializar as nossas habilidades e potencialidades. E por último, a importância do “eu” como impera na igualdade de género e oportunidades, reconhecendo a igualdade de direitos e liberdades para a igualdade de oportunidades de participação e valorização.

As Oficinas de Saberes e Ofícios, contemplaram 4 horas de Oficinas de Saberes e Ofícios, no dia 27 de outubro, proporcionou-se visitar a “Aleluia Cerâmicas”, conhecer a sua história. “As origens da Aleluia Cerâmicas remontam ao ano de 1905, quando foi fundada pela família Aleluia. Hoje, depois de mais de cem anos de actividade a Aleluia Cerâmicas é uma empresa tecnologicamente avançada, dedicada exclusivamente à produção e decoração de revestimentos e pavimentos cerâmicos, sendo uma referência no mundo cerâmico”. Por último, no dia 29 de outubro, terminamos com a visita e realização de um workshop na Oficina do Doce – Ovos moles. “A história dos Ovos Moles tem origem conventual no século XVI. Terá sido no Convento de Jesus de Aveiro que este doce típico terá sido elaborado pela primeira vez. A genuinidade dos Ovos Moles de Aveiro foi reconhecida pela União Europeia que lhe atribuiu, e pela primeira vez a um produto português, a denominação de Indicação Geográfica Protegida“. De seguida, visitamos a Navalria, o único estaleiro naval de Aveiro, que desenvolve atividades de construção e reparação naval, e construção de equipamentos offshore. A Navalria conta já com 35 anos de experiência no setor naval.

4 horas em Oficinas de Saberes e Ofícios, sem dúvida com o testemunho de diferentes profissionais de costumes e tradições locais, partilha de conhecimentos, competências e na valorização de seus ofícios, saberes, e territoriais.

Perspetivámos o “Sê-TU” sempre de forma construtiva, e numa evolução positiva, estimulando no grupo, atitudes e comportamentos positivos e atitudes ambientais. A importância de partilhar conhecimentos, emoções, afetos e valorizando sempre as habilidades e potencialidades de cada um.

Agradecemos à Câmara Municipal de Aveiro, pela cedência gratuita de transporte de autocarro e pela distinta colaboração com as atividades do plano de ação do CLDS 4G Aveiro; à União das Freguesias de Glória e Vera Cruz que disponibilizou a sala de in (formação) para esta ação, pelo profissionalismo e acolhimento com que nos receberam; e congratular a todos/as orador/a (s), nomeadamente à Enfermeira Teresa Margarida; à Dra. Cristina Oliveira (equipa técnica do Centro Qualifica), a exímia colaboração e disponibilidade.

Felicitamos o grande profissionalismo da Oficina do Doce; Aleluia Cerâmicas e Navalria, que nos receberam de forma tão acolhedora e próxima, e atentos/as aos interesses/questões/ansejos do grupo.

E por fim, e com grande satisfação gratulamos e reconhecemos a presença de todos/as os participantes desta realização, (em situação de desemprego, DLD) que participaram de forma ativa, empenhada, e pela confiança, expectativa demonstrada e acima de tudo boa disposição. O nosso muito obrigada.

As sessões desenvolvidas enquadram-se no Eixo 4 – Auxílio e intervenção emergencial às populações inseridas em territórios afetados por calamidades e/ou desenvolvimento comunitários. Atividade 6 “SÊ-TU”- Sessões de informação e sensibilização + Oficinas de Saberes e Ofícios.

O Projeto CLDS 4G Aveiro é cofinanciado pelo Programa Operacional Inclusão Social e Emprego, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Social Europeu.

OTL+

“Nada é tão grande como os teus sonhos”

A equipa técnica do CLDS 4G Aveiro, no âmbito das ações desenvolvidas no EIXO 2, colocou em prática a atividade OTL+, programa ocupacional de tempos livres para crianças e jovens com idades entre os 8 e os 16 anos de idade, não integrados em Centros de Atividades de Tempos Livres e em situação de maior vulnerabilidade social.

12 a 16 de julho direcionamos para crianças e jovens da freguesia de S. Jacinto, 19 a 23 de julho direcionamos para crianças e jovens da freguesia de Nariz, Requeixo, completando os últimos dois dias com crianças e jovens de N. Sra. de Fátima (que participaram no 1º grupo em dezembro de 2020). E por fim na última semana, 26 a 30 de julho, realizamos para crianças e jovens da freguesia de Eixo e Eirol.

Semanas repletas de atividades lúdicas e pedagógicas, que divertiram, desenvolveram e enriqueceram o desenvolvimento de competências sociais, ambientais e culturais. Na generalidade dos três OTLS, as interações experienciadas com o seu grupo de pares potencializaram e valorizaram de forma positiva, apresentando caraterísticas como: assiduidade, pontualidade, sensibilidade, empatia, e capacidade de envolvimento em diferentes contextos. Grupos ativos, curiosos, exploradores que demonstraram algum interesse na realização das suas atividades.

Gratulamos a todos/as que proporcionaram estas concretizações, nomeadamente à eminente articulação com a Câmara Municipal de Aveiro, pela cedência gratuita de transporte de autocarro e do transporte gratuito de ferryboat, que assegurou a gratuitidade dos bilhetes aos seguintes locais:  Centro de Interpretação Ambiental, Museu da cidade e roteiro histórico; ao Ecomuseu Marinha da troncalhada e à Reserva Natural das Dunas de S. Jacinto.

Agradecemos também à Marinha da Noerinha, à Agente Helena Graça, pela distinta apresentação da “Valentina”; à Universidade de Aveiro, pela dinâmica triunfal do Edupark no parque Infante D. Pedro; à Pizzaria Nova Barra com as melhores pizzas “takeaway” num dia de praia; à Quinta Pedagógica de Cacia; ao Agrupamento de Escuteiros 1334 de Oliveirinha; e ao Agrupamento de Escuteiros de N. Sra. de Fátima; à Fábrica Centro Ciência Viva e ao Lugar dos Afetos; ao Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas e ao Regimento de Infantaria 10 – Área militar de S. Jacinto.

Congratulamos e reconhecemos a todos/as o grande profissionalismo e sempre de muita afetividade que receberam os nossos pequenos e crescidos participantes nestas três semanas.

Por último, mas não menos importante, queremos ainda agradecer e congratular a JF de S. Jacinto; aos Escuteiros Marítimos de S. Jacinto; à JF de Requeixo, N. Sra. Fátima e de Nariz; ao Centro Social e Paroquial de S. Pedro de Nariz e ao Agrupamento de Escolas de Eixo, e ao CSPNS de Fátima pelo suporte físico disponibilizado para esta ação e aos pais/mães/encarregados de educação pela confiança e entendimento demonstrada.

Todas as realizações do OTL+ cumpriram com as recomendações da Direção Geral da Saúde. E todos/as os que neles participaram obedeceram aos mesmos.

As sessões desenvolvidas enquadram-se no Eixo 2 – – Intervenção familiar e parental, preventiva da pobreza infantil, nos termos da Portaria n.º 229/2018, de 14 de agosto.

O Projeto CLDS 4G Aveiro é cofinanciado pelo Programa Operacional Inclusão Social e Emprego, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Social Europeu.

Ecomuseu Marinha da Troncalhada
Quinta Pedagógica de Cacia
Ecomuseu Marinha da Troncalhada – apresentação da “Valentina”
Sede de Agrupamento de Escuteiros 1334 de Oliveirinha – “ARVORISMO”
Edupark – Parque Infante D. Pedro – parque da cidade
Praia da Barra – praia velha
Quinta pedagógica de Cacia
Regimento de Infantaria 10 – Área Militar de S. Jacinto
Centro de Interpretação Ambiental
Museu da Cidade – Roteiro histórico pela cidade
Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas – Reserva Natural das Dunas de S.J.

Viagem de ferryboat para o Forte de S.Jacinto

Prevenção e Proteção de pessoas e bens num incêndio, em Eixo

#CASE

Na passada 3ª feira, dia 27 estivemos desta vez em Eixo, com a colaboração dos Bombeiros Novos de Aveiro, a refletir sobre de que forma podemos prevenir e proteger-nos num incêndio. Foi um momento de reflexão e de esclarecimento de várias questões sobre este tema tão importante para a segurança de todos!

Agradecemos a todas as pessoas presentes e às Associações representadas, bem como aos Bombeiros Novos de Aveiro, na pessoa do Bombeiro Jorge Nascimento e à Junta de Freguesia pela disponibilização do espaço do Centro Cultural de Eixo

A sessão desenvolvida enquadra-se no Eixo 4 – Auxílio e intervenção emergencial às populações inseridas em territórios afetados por calamidades e/ou desenvolvimento comunitários.

O Projeto CLDS 4G Aveiro é cofinanciado pelo Programa Operacional Inclusão Social e Emprego, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Social Europeu.

“Proteção de pessoas e bens num incêndio” | Oliveirinha, 13/07/2021

Na última 3ª feira foi a vez de refletirmos sobre de que forma podemos prevenir e proteger-nos num incêndio, em Oliveirinha, com a ajuda dos Bombeiros Aveiro Velhos – Aveiro. Agradecemos a fulcral colaboração do Ajudante de Comando Ricardo Guerra e da Junta de Freguesia de Oliveirinha, pela disponibilização do auditório.

A sessão desenvolvida enquadra-se no Eixo 4 – Auxílio e intervenção emergencial às populações inseridas em territórios afetados por calamidades e/ou desenvolvimento comunitários.

O Projeto CLDS 4G Aveiro é cofinanciado pelo Programa Operacional Inclusão Social e Emprego, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Social Europeu.