#CASE “Prevenção e proteção de Pessoas e bens num incêndio”

Os últimos dias foram de aprendizagem acerca de como nos devemos comportar para prevenirmos um incêndio e nos podemos proteger quando existe um incêndio rural. Com o início do Verão e chegada do calor são informações importantes para a proteção de todos.

Junto aos locais com grande risco nas localidades, iniciámos em Azurva (dia 19), prosseguimos em Eirol e Eixo (dia 20) e concluímos hoje em São Jacinto.

Agradecemos aos Bombeiros Novos de Aveiro, GNR de Aveiro (SEPNA e Escola Segura), ao CENFA pela cedência do espaço e às Juntas de Freguesia de Eixo e Eirol e São Jacinto pela articulação tida com o CLDS 4G Aveiro.

As sessões desenvolvidas enquadram-se no Eixo 4 – Auxílio e intervenção emergencial às populações inseridas em territórios afetados por calamidades e/ou desenvolvimento comunitários. Atividade 1 “CASE”- Prevenir e Atuar em Situações de Emergência e Calamidade.

O Projeto CLDS 4G Aveiro é cofinanciado pelo Programa Operacional Inclusão Social e Emprego, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Social Europeu.

EXERCÍCIOS DE MASS TRAINING EM SUPORTE BÁSICO DE VIDA

Nossa Senhora de Fátima, 18 de maio

Prevenir e Atuar em Situações de Emergência.

Exercícios de Suporte Básico de Vida na Junta de Freguesia de Santa Joana para residentes do concelho de Aveiro. Com a insigne, consignada e exímia orientação do Dr. Pedro Sardo, e das alunas estagiárias de Enfermagem da Escola Superior de Saúde da Universidade de Aveiro, pela incondicional disponibilidade.

Saber atuar, informar devidamente a linha 112 e sensibilizar para as Boas Práticas em Suporte Básico de Vida. Gestos que podem Salvar Vidas!

No intervalo de tempo que decorre entre a ativação e a chegada dos serviços de emergência ao local da ocorrência, as práticas de manobras de reanimação constituem-se prioritárias.

Avaliar as condições de segurança, Avaliar o estado de consciência, Permeabilizar a via aérea, Avaliar a respiração (Ver, Ouvir e Sentir). Se a vítima não responde, e não tem respuração normal, ativar a linha de emergência, a linha do 112.


Sem dúvida esta temática cada vez mais assume-se como uma importância elevada, é imperativo estarmos informados e capacitados, sabermos COMO ATUAR EM SITUAÇÕES DE EMERGÊNCIA:

O nosso muito obrigado ao Senhor Presidente Vítor Marques da Junta de Freguesia pela distinta colaboração e disponibilidade.

Ao secretário Tiago Santos e à administrativa Milú Pinto o nosso sincero agradecimento pela elogiável coorganização.

E por último o nosso muito obrigada a todos/as os/as presentes que estiveram de forma tão interessada e participativa. Cidadania Ativa em responsabilidade cívica.

As sessões desenvolvidas enquadram-se no Eixo 4 – Auxílio e intervenção emergencial às populações inseridas em territórios afetados por calamidades e/ou desenvolvimento comunitários. Atividade 1 “CASE”- Prevenir e Atuar em Situações de Emergência e Calamidade.

O Projeto CLDS 4G Aveiro é cofinanciado pelo Programa Operacional Inclusão Social e Emprego, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Social Europeu.

Pode ser uma imagem de 10 pessoas, pessoas em pé, pessoas sentadas e interiores

Exercícios de Mass Training em Suporte Básico de Vida

Nossa Senhora de Fátima, 17 de maio de 2022

O CLDS 4G Aveiro organizou mais um “Exercício de Mass Training em Suporte Básico de Vida“no dia 17 de maio, na Escola Básica de Verdemilho na freguesia de Aradas, para população residente do concelho de Aveiro, abrangendo os alunos/as do 3º ano e do 4ºano de escolaridade.

O objetivo constitui-se em mostrar aos alunos/as participantes boas práticas em Suporte Básico de Vida. Sensibilizar estas diferentes faixas etárias, para uma cidadania mais ativa e responsável, com a colaboração e orientação dos orientadores/as, dos Bombeiros Aveiro Velhos, Bombeiro adjunto Ricardo Guerra e o Bombeiro Narciso Mendes da Equipa de Intervenção Permanente, que aproveitamos para prestar o nosso sinsero agradecimento e reconhecimento pela forma simples e esclarecedora como foram expostos e exolicados estes exercícios de suporte básico de vida.

Saber como atuar, ligando de imediato a linha 112 e informar o mais corretamente do local onde se encontra a/s vítima/s, e quando possível, iniciar as manobras de Suporte Básico de Vida, vulgarmente chamadas de manobras de reanimação. O conhecimento destes procedimentos pode salvar vidas ( a vida de um amigo, por exemplo) e devemos estar sensibilizados para esta temática o mais cedo possível.

O suporte básico de vida deve ser aplicado sempre que a vítima estiver inconsciente e que não respire. Para avaliar a vítima deve determinar-se:

  • está consciente
    • proteja-se com uma máscara cirúrgica e coloque uma máscara também na vítima. Se não tiver acesso a máscaras, mantenha uma distância de segurança de 2 metros da vítima
    • chame em voz alta
    • averigue o que se passou e se necessário ligue o 112
  • está inconsciente
    • observar a vítima e ver se há reação. Se se verificar ausência de respiração ligar de imediato para o 112 (ou pedir a alguém que o faça) e dar início às manobras de suporte básico de vida.

Gestos e procedimentos que podem salvar VIDAS!!!

Finalizamos, para agradecer a presença de todos/as,  nomeadamente, aos prezados alunos/as do 3º e do 4ºano, que estiveram de forma exemplar, atentos/as e interessados/as; aos senhores/as professores/as que estiveram envolvidos/as com as suas turmas de forma interessada; à senhora coordenadora do estabelecimento, Isabel santos, que esteve sempre disponível nesta coorganização; aos funcionários/as que se disponibilizaram em colaborar com a logística e desenvolvimento desta atividade;

À Senhora Presidente Catarina Barreto da Junta de Freguesia de Aradas, que sempre esteve disponível nesta articulação elogiável; e por fim e não menos importante, à Câmara Municipal de Aveiro, pela cedência gratuita do espaço físico de excelência, da Escola Básica de Verdemilho.

O nosso muito OBRIGADA!

As sessões desenvolvidas enquadram-se no Eixo 4 – Auxílio e intervenção emergencial às populações inseridas em territórios afetados por calamidades e/ou desenvolvimento comunitários. Atividade 1 “CASE”- Prevenir e Atuar em Situações de Emergência e Calamidade. O Projeto CLDS 4G Aveiro é cofinanciado pelo Programa Operacional Inclusão Social e Emprego, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Social Europeu.